Postagens populares

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

MUITO ALEM

Agora que não mais vivo materialmente
Vagueio pelo infinito.
Olho-a ao longe. bela como sempre.

Ainda com este olhar, é um paraíso.
Que agora posso comparar.
O teu sorriso que me causava calafrios.

Nossos corpos se despediram, mas as almas se negam.
Talvez por apego ao material, não tenha ainda seguido meu caminho,
Agora na verdade sabendo o que é anjo, descobri você é um deles.
Um dia talvez purificado, eu aceite  mudar de plano seguir meu caminho.

Quem sabe minha estada no firmamento, o conhecimento.
Permita-me compreender tantas duvidas tantos não.
Porque sofrer tato por um amor e não telo, eu vá finalmente.
Ao meu lugar reservado, ou finalmente ao seu encontro.
                                                                      Ady Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário