sábado, 4 de junho de 2011

CAMINHO

Nem todos os estradas percorridas.
Nem todos as berreiras utrapaçadas.
Eu nunca passei por martirio.
Pois caminhei ao lado de minha amada

Nenhum comentário:

Postar um comentário