Postagens populares

terça-feira, 23 de novembro de 2010

ALMA

Com o frio intenso da madrugada. Quando a solidão me assola. Este vazio intenso me consome. Sua lembrança me consola. Com os pensamentos entorpecidos. Meu corpo aquece e revigora. Mais naquele silêncio quase audível. Minha alma percebe e chora
      
                                     Ady Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário